Quarta-feira, 11 de Abril de 2007

Papo de política.

     Eu me considero um cara muito corajoso: quando jogo futebol, divido forte com caras até mais fortes do que eu, especialmente no jogo aéreo de cabeça(pois sou alto), expondo minha cabeça até a uma lesão(a cabeça é um lugar mais sensível); Eu ainda não pratiquei tantos esportes radicais, mas tenho coragem de saltar de para-quedas, bungee jump... Mas quando o assunto é política, eu evito conversar.

 

      Eu gosto da política da 'boa vizinhança', em que eu não esteja encomodando ninguém, mesmo sabendo que muitos polítcos incomodam bastante a nossa nação. Mas eu evito citar nomes para criticar, pois pessoas que eu gosto muito são conservadoras de direita, por exemplo, e outras são esquerda, centristas, idealizadoras de um novo sistema... Eu procuro não ser polêmico, mas sinceramente, eu acho que quem faz jornalismo(e que seja ético) tem a função de mudar através da informação muitas injustiças que existem nesse mundo, e eu procuro não ter um partido político, e nem posição política, pois eu gosto de ser mediador de comentários, de ponderar lados positivos e negativos, apesar de eu ter uma tendência esquerdista e revolucionária, por isso torço para pessoas como meu professor Zé Carlos, que tem muita coragem e fala mesmo o que pensa, e que eu concordo com ele na maioria dos comentários, embora não participe tanto ainda da aula dele como deveria.

 

      Algo que eu tenho consciência é que se eu quiser chegar em algum lugar nesse mundo,(digo fazer algo grande, mudar significativamente esse sistema injusto) eu tenho que abrir mão da 'política da boa vizinhança' e falar mesmo, pois conhecimento eu tenho, falta mais conhecimento(me aperfeiçoar, pois posso saber muito mais sobre economia, política...) e coragem mesmo. Abaixo, uma mensagem de Ayrton Senna que ilustra bem o meu momento:

 

"É muito difícil você conseguir vencer numa boa.
Pra vencer você tem que lutar, e essa luta muitas vezes significa indispor
de certa forma com algumas pessoas, pra prevalecer aquilo que você acredita.
Teu ponto de vista, tua cabeça, a tua personalidade acima de tudo.
E se você não lutar pra valer, você acaba perdendo teu próprio rumo.
E se você perde o teu próprio caminho, você não é ninguém.
Então, pra conseguir manter essa linha de conduta, você tem que lutar muito.
E, muitas vezes, tem que brigar mesmo."

É isso aí! Entrem também no meu fotolog, onde falo muito sobre futebol(minha futura especialização em jornalismo) e comentem também os seus pontos de vista, que podem ser diferentes dos meus, ainda bem, pois a pluralidade de pensamentos é o que forma esse mundo democrático(pelo menos queremos que seja assim).

 

www.paznomundo.fotoflog.com.br

publicado por pensepositivo às 03:30
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Verena a 11 de Abril de 2007 às 22:19
Lucas,
o importante é que vc reconhece a sua fase e está a procura do "ponto" certo.
bjos
Passa no meu...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. GrandeSportS interativo

. Mundial de clubes 2007(1ª...

. Fifa

. A FIFA não é tão democrát...

. O Emigrante com planos.

. O imigrante sem planos.

. Agora é pra valer!

. Eu e o futebol, como tudo...

. Uma dose de teimosia.

. Foco no que pensas.

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds